Brasileira estilista de burquínis na França defende peça

Publicado por: Ronaldy Ravelly em 23 Feb, 2017
Em 10 DE SETEMBRO, 2016 - 12H10 - MODA
 

Foto: Reprodução/ Facebook/Madamme BKFoto: Reprodução/ Facebook/Madamme BK

A paulistana Vanessa Lourenço, que mora em Paris há sete anos, estava prestes a viajar com mulheres muçulmanas para Riviera francesa, costa do sul da França considerada uma das regiões mais luxuosas da Europa, quando se deparou com a dificuldade delas em encontrar um traje de banho bonito e atraente para a ocasião.

 Formada em alta costura na Escola da Câmara Sindical de Costura Parisiense, Vanessa decidiu então confeccionar alguns burquínis com as próprias mãos, dando seu toque de estilo às peças. Fez tanto sucesso que decidiu empreender no ramo.

 Para Vanessa, que não é muçulmana, o traje dá liberdade, conforto e confiança às mulheres que não usam biquíni, seja por conta da religião que seguem, por baixa autoestima ou até por problemas de pele. “Estamos proporcionando apenas momentos bons para essas mulheres, liberdade de poder se divertir com seus filhos e tomar um sorvete na praia!”, diz em entrevista ao G1.

 Depois dos modelos feitos “na brincadeira”, Vanessa abriu, em 2012, a marca especializada em burquínis Madamme Bk, que tem sede na França e vende para mais de 120 países de todo o mundo. “Praticamente todos os dias recebemos fotos com testemunhos de novas clientes dizendo que é a primeira vez que elas estão confiantes o suficiente para estar em uma praia pública, se divertindo com sua família”, conta.

 O traje composto por vestido, calça e touca, é feito em tecido apropriado para banho e natação, com secagem rápida e proteção aos raios UV. A marca de Vanessa produz modelos de cores fortes, como pink, azul royal e roxo, além de algumas peças com estampas. Os preços variam de 84 euros a 125 euros (cerca de R$ 304 a R$ 453).

Proibição

Recentemente dezenas de cidades francesas proibiram o uso do burquíni, alegando que seu uso não respeita o princípio do secularismo, que divide Estado de instituições religiosas, e regras de higiene. O primeiro-ministro ainda disse que o burquíni é "a tradução de um projeto político, baseado principalmente na submissão da mulher". Vários prefeitos basearam sua decisão na necessidade de garantir "a ordem pública", ameaçada, segundo eles, por vestes que "manifestam de maneira ostentatória uma filiação religiosa".

 

Por outro lado, críticos dizem que a proibição é intolerante e viola gravemente e de maneira ilegal as liberdades fundamentais como o direito de ir e vir, a liberdade de consciência e a liberdade pessoal. A alta corte francesa suspendeu a proibição em algumas praias.

 Vanessa reconhece que o burquíni causa certo estranhamento aos olhos ocidentais, mas condena a proibição da peça e sua associação ao extremismo religioso. “Como o biquíni, o burquíni também levará tempo para se tornar natural para os olhos das pessoas, porque é um conceito relativamente novo. O que é lamentável é que esta moda que dá liberdade para as mulheres, em vez de escravizá-las, agora é vítima de publicidade negativa”, diz.

Vanessa conta que, mesmo com a onda de proibição dos burquínis, as vendas de sua marca continuaram normais no país, mas cresceram entre as clientes do resto da Europa, dos Estados Unidos e da Ásia.

 Ela diz estar satisfeita com o fato de o governo estar buscando formas de combater o terrorismo, mas acredita que a proibição do burquíni não se enquadra na situação. "É um produto que foi criado para dar liberdade às mulheres e está sendo associado com extremistas radicais. No final, o burquíni é apenas mais um novo tipo de moda e não deve estar vinculado a essa polêmica política atual na França”, acrescenta.


Share
 

Comentários

Não há comentários postados até o momento. Seja o primeiro!


Postado em: NOTÍCIAS
Compartilhe:

Notícias relacionadas

Imagem padrão

Praias de Salinas

PARAÍSO EM SALINAS: Em meio a agitação das praias de Salina...
leia mais

Vendas de ingressos para o Rock in Rio começam nesta quinta

Para cada dia, o valor da entrada será de R$ 455,00 (inteira) e R$ 227,50...
leia mais

Simone & Simaria lançam clipe com Anitta; Veja aqui

Simone & Simaria lançam clipe com Anitta; Veja aqui As musas apare...
leia mais

Comentários (0)


No ar agora

Parceiros

Facebook

SALINAS - PARÁ

SALINÓPOLIS -  PARÁ

CIDADE DE SALINÓPOLIS PARAÍSO DO PARÁ

PRAIA DO ATALAIA - SALINAS 

CIDADE DE JURUTI

Conheça algumas paisagens da cidade de Juruti, no Oeste do Estado. O dest...

São Sebastião de Boa Vista

Um dos municípios mais encantadores de Sã...

COLARES

A praia de Colares é uma das opções par...

COLARES (144 acessos)

A praia de Colares é uma das opções par...

SALINAS - PARÁ (139 acessos)

SALINÓPOLIS -  PARÁ

O chamado 3' estreia em 1º lugar no Brasil (135 acessos)

Sequência de terror levou 512 mil pessoas aos cinemas Por: G1Em 06 DE F...

CIDADE DE JURUTI (132 acessos)

Conheça algumas paisagens da cidade de Juruti, no Oeste do Estado. O dest...